O novo comportamento do consumidor? Como entender o público!

O novo comportamento do consumidor? Como entender o público!

Você já teve a impressão que não consegue acompanhar as mudanças no comportamento do consumidor? Modas surgem aparentemente do nada. Tendências são substituídas na velocidade da luz e o empreendedor fica como? Sem chão!

Pois, hoje nós trouxemos um artigo que trata justamente das questões que envolvem o comportamento de consumo das pessoas.

Queremos mostrar para você, com uma explicação simples, que é possível sim entender o comportamento do consumidor e até mesmo prever novas tendências. E, desta forma, manter a sua empresa com as vendas lá no alto.

Então, sem mais demoras. Vamos começar.

Qual é o novo comportamento do consumidor?

Atualmente podemos definir como o novo comportamento do consumidor a série de ações ou padrões que os clientes executam antes de fazer uma compra.

Então, todo comportamento tem início no momento em que o cliente percebe uma dor e finaliza quando ele tem essa lacuna preenchida.

Ou seja, o ponto final está na resolução de compra, ou da contratação de um serviço.

Além disso, também podemos englobar as compras repetidas sob o contexto do novo comportamento do consumidor. Por exemplo: alguns clientes podem adquirir todos os produtos que sua empresa fabrica, são fiéis, mesmo que não exista uma dor latente – é o caso de quem atualiza o smartphone todos os anos. Já outros fazem a compra apenas uma vez e desaparecem.

Ao avaliar o novo comportamento do consumidor podemos aprender como os clientes interagem, usam produtos, trocam experiências e, claro, fazem mais compras.

Conhecimento que deve ser utilizado para alinhar as estratégias da sua marca com essa nova forma de agir do público. Para entender melhor, vamos falar sobre as principais diferenças entre os consumidores hoje e os consumidores “antigos”. 

Principais características do novo comportamento do consumidor

Vamos falar agora sobre quais são os elementos que moldam o novo comportamento do consumidor. Ou seja, como esse comportamento é exercido, praticado no dia a dia, como ele está em ação no mercado. 

Foco em economia doméstica

Hoje o consumidor tem foco total em economia doméstica, e isso não está mais associado com a pandemia ou qualquer outra restrição de mobilidade. 

Sempre pensamos que, assim que possível, as pessoas voltariam para a rua e para os antigos hábitos de consumo. Contudo, é bem pouco provável que as coisas voltem a ser exatamente como eram antes.

No novo normal, o novo consumidor se preocupa mais com o lar e com a saúde de sua família. Por isso, seu comportamento está focado em enriquecer o tempo utilizado nas atividades domésticas.

Ou seja, o maior período em casa fez com que o público olhasse com mais carinho para soluções que antes pareciam desinteressantes. Por exemplo: para muitas pessoas, antes, ter uma esteira em casa seria perda de tempo, afinal, as academias e os parques estavam abertos. Contudo, as coisas mudaram e criou-se o hábito de malhar em casa.

Esse hábito, certamente, será incorporado com os outros hábitos pré-pandêmicos, mas dificilmente será completamente descartado. Por isso, o novo comportamento do consumidor é um mix entre os hábitos antigos e aqueles adquiridos durante os meses de quarentena. 

Imediatismo

O perfil do novo comportamento do consumidor também pode ser definido como o perfil do imediatismo. Consumistas, que exigem a entrega imediata das suas compras. Querem seus produtos e serviços sendo entregues com rapidez e segurança, em um só lugar, no tempo e na maneira mais adequada às suas expectativas.

Pensando nisso, as empresas que não se modernizarem para oferecer atendimento após o horário comercial ou aos finais de semana, serão rapidamente deixadas de lado.

O poder das mídias sociais

Outro ponto a se destacar no novo comportamento do consumidor é a produção e o consumo de conteúdo em mídias sociais. Este público utiliza a sua rede de contatos para coletar informações e tomar decisões com base nelas.

O que pode ser positivo ou negativo para uma empresa. Tudo vai depender de uma palavrinha que está se tornando um mantra na vida dos empreendedores: a experiência do usuário.

Se o cliente tiver uma boa experiência, ele então irá produzir um bom conteúdo. Que será consumido por outros clientes. Gerando uma bola de neve positiva.

Redução das distâncias

Até pouco tempo atrás, o consumidor que desejava variedade em qualquer produto precisava se deslocar até as cidades com centros comerciais maiores.

Hoje em dia, Isso já não é necessário.

A internet reduziu essa distância. Com um clique, o consumidor compra um produto a centenas de quilômetros e o recebe no conforto de sua casa ou escritório, já no dia seguinte.

Tudo isso faz com que o cliente tenha ainda mais imediatismo. Sendo assim, não é mais possível pensar em distâncias quando estamos focando em um consumidor. Mais do que pensar em “onde” eu vou vender, você precisa pensar em “qual problema vou resolver?”. Pois, no novo comportamento do consumidor, a distância está cada vez mais irrelevante. 

Fatores que influenciam o novo comportamento do consumidor

O comportamento do consumidor é influenciado por fatores que passam despercebidos. Sendo eles:

  • Pessoais: os interesses e opiniões das pessoas podem ser afetados por fatores como local onde residem, idade, gênero, profissão e experiências de vida.
  • Sociais: grupos de referência, como família, amigos e colegas de trabalho, também influenciam o comportamento de compra.
  • Culturais: valores religiosos, morais e relacionados a grupos sociais também refletem em nossas decisões.
  • Psicológicos: motivação, visão de mundo e tipo de resposta diante de problemas.

Sua lição de casa é: descubra como estes 4 elementos estão influenciando os clientes do seu negócio e elabore estratégias que conversem com esses 4 pontos. Assim, você será capaz de vender para o novo consumidor e manterá a sua marca atualizada com as demandas do público.

Quer saber mais sobre como vender e encantar este novo consumidor? Entre em contato conosco. Nosso time está pronto para lhe atender e propor soluções para a sua empresa.

Agradecemos a leitura e até a próxima!

Suzana Chiodo

Co-founder da Agência Poussée, empreendedora, formada em Publicidade e Propaganda, especialista em branding e construção de marcas. Criei a Poussée para ajudar marcas a alinharem seu negócio e comunicação a partir do propósito. Meu objetivo é provocar a transformação de negócios e impactar em seu crescimento de forma humana, responsável e totalmente focada em performance.

Deixe uma resposta

Fechar Menu