9 dicas para criar um plano de marketing básico

9 dicas para criar um plano de marketing básico

Atualmente, um plano de marketing básico pode ser a diferença entre negócios mais e menos bem-sucedidos. Em tempos de marketing digital, as estratégias precisam ser cada vez mais planejadas e revistas, o que exige tempo e organização. Porém, o investimento é fundamental para que os gestores saibam aonde querem chegar, além de receberem previsões mais alinhadas.

Criar um plano de marketing básico também auxilia as empresas na determinação de objetivos a médio e longo prazo. As ações de foco comercial também têm grande conexão com as iniciativas de marketing, já que o setor é próximo das vendas. No artigo, conheça o passo a passo para desenvolver um plano eficiente sem dificuldades.

Aproveite a leitura!

 

O caminho para um plano de marketing básico

Selecionamos dicas de expert para quem deseja tirar do papel um plano de marketing básico. Investir em marketing digital deixou de ser um algo a mais para se tornar um dever das empresas. O diferencial competitivo, agora, diz respeito à viabilidade do plano adotado. Saiba mais a seguir.

 

 

  • Definir o planejamento para um ano

 

Mesmo que o plano de marketing básico seja para prazos mais curtos, como poucos meses, é importante saber quais são as metas anuais de qualquer negócio. Definir um planejamento anual de marketing ajuda na escolha de serviços mensais ou bimestrais, por exemplo, como partes de um mesmo todo.

 

 

  • Entender a situação do marketing da empresa

 

No marketing digital, não são apenas os planos que importam. Encarar a situação atual de forma criteriosa é parte de um processo eficiente. Por isso, é indicado responder perguntas sobre visitas no site, nível de conversão de leads, ferramentas de comunicação já utilizadas e outras. A partir dessas informações, os erros e acertos se tornam mais evidentes.

 

 

  • Observar o mercado

 

Conhecer a concorrência é um dos principais passos para criar um plano de marketing básico. É preciso saber o que outras empresas do segmento estão fazendo e, ainda, quais estratégias têm chances melhores de bom funcionamento. O posicionamento das companhias diante do mercado é uma medida fundamental nos dias de hoje.

 

 

  • Acompanhe os resultados

 

Dar atenção às métricas é um segredo para avaliar os resultados do plano adotado. A análise dos resultados depende do tempo de duração das ações e do objetivo das mesmas, e ajuda na hora de prever o crescimento possível para a empresa. Observar o marketing criteriosamente é um suporte para manter os investimentos que apresentam bons retornos.

 

 

  • Agir em meio às campanhas

 

Um detalhe que torna o plano de marketing básico um investimento viável é agir quando necessário. Ampliar o alcance, mudar a modalidade de tráfego ou pagar anúncios, por exemplo, são ferramentas que auxiliam os gestores em momentos mais complicados do marketing. 

 

 

  • Priorize os projetos valiosos para o seu público

 

Um erro comum de marketing é achar que os projetos precisam sair do papel independente do seu tamanho e dos recursos necessários. Comercialmente, o ideal é dar prioridade àqueles que impactam a sua persona e se ajustam às necessidades dela. Assim, o potencial de vendas sobe e o retorno financeiro do investimento vem.

 

 

  • Reavaliar as metas

 

Os objetivos, ao longo de um plano de marketing básico, tendem a mudar. Tudo depende da resposta do público, dos erros cometidos e de possíveis oscilações de orçamento. Tornar o planejamento mais flexível significa fazê-lo mais acessível diante de imprevistos que podem ocorrer.

 

 

  • Mantenha as informações acessíveis e atualizadas

 

O planejamento do plano de marketing básico deve estar ao alcance de todos, bem como as datas estipuladas para determinadas metas. Atualizar as informações e verificar pendências na agenda ajuda a tornar o marketing ainda mais funcional e rentável.

 

 

  • Ouça os colaboradores

 

Os colaboradores são parte fundamental da aplicação das tendências de marketing. Assim, sua opinião deve ser ouvida, além de possíveis ideias de melhoria. Integrar as ações também coloca a equipe como parte essencial do funcionamento do marketing, já que todos devem entender as novas prioridades do negócio. O trabalho conjunto, mais uma vez, é determinante.

 

Todas as ações de marketing importam

Um plano de marketing básico não é irrelevante, como o nome pode sugerir. Ele exige dedicação, investimento e atos estratégicos para transformar as empresas. Priorizar metas sem engessá-las é fundamental, assim como saber ouvir e olhar as tendências do mercado para usá-las a favor do crescimento do negócio. Para vender mais é preciso, sempre, ir além.

Suzana Chiodo

Co-founder da Agência Poussée, empreendedora, formada em Publicidade e Propaganda, especialista em branding e construção de marcas. Criei a Poussée para ajudar marcas a alinharem seu negócio e comunicação a partir do propósito. Meu objetivo é provocar a transformação de negócios e impactar em seu crescimento de forma humana, responsável e totalmente focada em performance.

Deixe um comentário

Fechar Menu