7 dicas essenciais para uma gestão de e-commerce eficiente

7 dicas essenciais para uma gestão de e-commerce eficiente

Nos últimos anos, o comércio eletrônico tem sido visto como uma alternativa viável para quem quer empreender ou impulsionar as vendas. Com a pandemia de COVID-19, ele se tornou a principal opção para manter empresas ativas em meio ao distanciamento social. Contudo, sem uma efetiva gestão de e-commerce, são grandes as chances de que uma loja virtual não alcance os resultados esperados. 

Não é à toa que o tempo médio de vida dos comércios eletrônicos brasileiros é de apenas três meses: o principal desafio não está em começar uma loja, mas em mantê-la ativa e em destaque frente à concorrência. Assim como em outros tipos de negócios, uma boa administração e um acompanhamento contínuo são necessários para que seu site alcance um bom desempenho.

Composta por uma série de etapas administrativas, que incluem logística, vendas, tecnologia e marketing, a gestão de e-commerce é mais complexa do que parece. Pensando nisso, preparei algumas dicas para te ajudar a gerenciar sua loja virtual de uma forma eficaz, garantindo o seu crescimento contínuo. Não deixe de conferir!

Dicas para otimizar sua gestão de e-commerce

Com expectativa de crescimento nas vendas de 26% em 2021, o e-commerce brasileiro se encontra em um cenário otimista. Aliada ao aumento na conectividade e às mudanças nos hábitos do consumidor, essa perspectiva positiva tem feito com que muitos empreendedores apostem nesse segmento. Assim, a competitividade do mercado está cada vez maior.

Hoje, não basta ter um site para conseguir bons resultados nas vendas online. Afinal, uma boa parcela das empresas, tanto B2C quanto B2B, já recorreram ao ambiente digital. Para obter um bom desempenho, uma gestão de e-commerce eficiente é imprescindível.

A seguir, você vai conferir 7 dicas essenciais para assegurar que sua loja virtual consiga se destacar e atrair cada vez mais consumidores. Confira!

1. Escolha bem a plataforma

O primeiro passo para uma gestão de e-commerce efetiva é a escolha de uma boa plataforma, que ofereça todas as funcionalidades necessárias para suas vendas online. Há diversas opções disponíveis no mercado, e cada uma atende a necessidades específicas.

De modo geral, uma loja virtual precisa ser simples, funcional e oferecer uma boa experiência de uso. Tendo em mente essas características, é importante conferir se a plataforma conta com algumas funções básicas, como a possibilidade de integração com outros sistemas e aplicativos de chat, bem como um checkout simplificado.

Além da utilização de uma plataforma, considere a inserção de seu comércio eletrônico em um marketplace. Esse tipo de site está em constante crescimento e traz uma série de benefícios, como a visibilidade frente a um grande número de consumidores. Nesse caso, avalie as taxas cobradas e a relevância desses canais antes de optar pela parceria.

2. Dê atenção à logística

Cuidar da logística é essencial para garantir o sucesso de uma loja virtual. Responsável pela organização de estoque, movimentação de pedidos, preparo e envio de produtos, essa etapa merece máxima atenção na gestão de e-commerce. Afinal, impacta diretamente a experiência do consumidor.

Sabendo disso, faça o que for preciso para assegurar que todas as movimentações aconteçam da melhor maneira possível. Organize e documente bem cada processo, a fim de que não aconteçam erros no envio ou vendas de produtos em falta. Não se esqueça de proporcionar aos clientes o acompanhamento das entregas e estabelecer políticas claras de logística reversa.

Para embalar os produtos, invista em materiais de qualidade, que evitem avarias em sua mercadoria e fortaleçam a imagem de sua marca. Por fim, não deixe de disponibilizar no site explicações claras sobre como funcionam os procedimentos para trocas e devoluções.

3. Tenha um controle financeiro eficiente

Não adianta investir em uma excelente plataforma e surpreender nas entregas se sua empresa não fizer um bom gerenciamento das finanças. Planejar corretamente as despesas e manter o controle do fluxo de caixa é fundamental para assegurar a saúde financeira do seu negócio.

Estabeleça metas realistas de faturamento e utilize a tecnologia como aliada na administração de suas contas. Atualmente, existem vários sistemas de controle financeiro muito funcionais, inclusive com planos gratuitos. Avalie todas as opções e não deixe de registrar todos os dados de seu negócio.

4. Invista em um bom ERP

Sua empresa já utiliza um ERP, também conhecido como sistema integrado de gestão empresarial? Esse software reúne todas as tarefas feitas por uma organização, simplificando a administração de cada uma de suas áreas. Esse agrupamento dos dados em uma única plataforma favorece uma gestão de e-commerce mais eficiente, pois proporciona mais organização e controle.

Com um sistema de gestão, o acesso aos diversos dados da empresa é facilitado. Além disso, evitam-se problemas no controle de estoque e em outras tarefas essenciais para o sucesso de um comércio eletrônico. Setores como compras, administração de pessoal e contabilidade se integram em uma única plataforma, tornando o gerenciamento mais eficaz, ágil e produtivo.

5. Escute seus clientes

Você sabe o que seus clientes têm a dizer? Receber feedbacks dos consumidores é essencial para encontrar pontos fortes, bem como oportunidades de melhorias e falhas que precisam ser corrigidas. Não tenha receio de receber críticas de seus clientes. Afinal, elas podem te ajudar a otimizar cada vez mais a sua loja virtual e alcançar melhores resultados.

Não sabe como conseguir essas opiniões? Além de monitorar as avaliações em seu site e nas redes sociais, você pode realizar pesquisas. Os questionários são muito utilizados e atendem bem a esse propósito. Podem ser enviados por e-mail, proporcionando aos clientes comodidade e privacidade no preenchimento. 

Nas questões, podem ser avaliados fatores como a qualidade de atendimento, a facilidade no processo de compra, a agilidade na entrega, entre outros. Com as informações obtidas, sua empresa conseguirá encontrar os erros e acertos na gestão de e-commerce e, assim, traçar um caminho mais certeiro para o sucesso.

6. Invista em marketing

Já imaginou desenvolver um ótimo site e, mesmo com tanto empenho, sequer conseguir atrair visitantes? Acredite: essa, infelizmente, é a realidade de muitos negócios que optaram pelas vendas online. Conseguir se destacar na internet não é uma tarefa simples, mas também não é impossível: basta contar com uma boa estratégia de marketing.

É preciso criar um planejamento completo, que contemple ações promocionais nas principais datas sazonais. Nele, podem estar inclusas postagens, e-mails, anúncios e várias outras ferramentas de divulgação. Dentro do site, é importante disponibilizar conteúdo otimizado para os mecanismos de busca, de acordo com as melhores práticas de SEO.

Para gerar aproximação com o consumidor, as redes sociais são ideais. Estabeleça uma frequência de postagens e ofereça conteúdos relevantes para fortalecer a imagem da marca e gerar mais visitas no e-commerce. Por fim, a criação de uma régua de relacionamento é necessária para estimular novas compras e construir relacionamentos duradouros com os clientes.

Essas são apenas algumas das estratégias utilizadas pelos e-commerces de sucesso. Por isso, se você deseja ter uma forte presença digital, vale a pena contratar uma agência especializada em e-commerce, capaz de propor as melhores soluções para alavancar seus resultados.

7. Monitore as métricas

Uma das principais vantagens do comércio eletrônico é a facilidade no monitoramento dos resultados. As informações são registradas e facilmente consultadas, possibilitando análises que ajudam a compreender a evolução da loja virtual e encontrar caminhos para melhorar sua performance.

Para direcionar suas tomadas de decisão e otimizar a gestão de e-commerce, sua empresa deve realizar o acompanhamento constante de diversas taxas e métricas. Entre elas, o número de visitas, abandonos de carrinho, páginas mais visitadas e as conversões, assim como os cliques em anúncios e outros dados relacionados às suas ações de marketing.

Por meio do Google Analytics, é possível ter acesso a uma série de indicadores importantes relativos ao site. Mas outros sistemas, como o próprio ERP, mencionado anteriormente, podem ser incrivelmente úteis para avaliar a lucratividade de um negócio e encontrar os pontos que precisam ser trabalhados.

Seu e-commerce em destaque

Em meio a um mercado altamente competitivo, conseguir manter uma loja virtual lucrativa é um desafio. Da escolha da plataforma à entrega dos produtos, cada processo exige máximo controle e organização. Realizar uma gestão de e-commerce eficiente não é uma tarefa simples. Mas, com atenção aos fatores certos e o auxílio da tecnologia, é possível administrar um e-commerce com excelência.

Agora que você já sabe como gerenciar a sua loja virtual, o que acha de descobrir o segredo para potencializar seus resultados? Confira nosso artigo sobre SEO para e-commerce e dê ao seu site a visibilidade que ele merece!

Suzana Chiodo

Co-founder da Agência Poussée, empreendedora, formada em Publicidade e Propaganda, especialista em branding e construção de marcas. Criei a Poussée para ajudar marcas a alinharem seu negócio e comunicação a partir do propósito. Meu objetivo é provocar a transformação de negócios e impactar em seu crescimento de forma humana, responsável e totalmente focada em performance.

Deixe uma resposta

Fechar Menu