Chatbots e o Futuro de Marketing e Vendas
Chatbots e o Futuro de Marketing e Vendas

Chatbots e o Futuro de Marketing e Vendas

Entenda como os robôs cibernéticos estão revolucionando as estratégias de venda e fidelização

A velocidade com que as ferramentas digitais evoluem exige reinvenção da área de marketing. Isso porque os conceitos que a compõem passaram por mudanças fundamentais na percepção e no foco de atuação. Ao longo de sua evolução, o marketing já teve o produto como preocupação principal, passando posteriormente para o consumidor e suas necessidades e, em seguida, a modernidade cobrou que o marketing fosse pensado de forma integral: empresa e consumidores.

O mundo digital proporciona aos usuários uma gama de informações e experiências, o que permite que as pessoas sejam mais exigentes e mudem constantemente comportamentos e preferências. A sazonalidade do perfil de consumo, por sua vez, exige estratégias de marketing atualizadas e cada vez mais alinhadas a soluções como aplicativos e demais dispositivos online. Mais que isso, a palavra chave para o sucesso em conhecer, conquistar e fidelizar clientes é autonomia.

Tempo é investimento. A cada minuto gasto pelo usuário em uma página de internet, as possibilidades são inúmeras, mas uma coisa é certa: ele pode não gostar do que é apresentado e deixar de conhecer o produto ou serviço oferecido, ou pode se identificar e ficar mais tempo no aplicativo ou site em busca de mais conhecimento. O mesmo pode acontecer em centrais de relacionamento com cliente via telefone. Quando a gestão do atendimento é mal estruturada, não é apenas o produto que está à mercê da insatisfação do consumidor – a marca também está em jogo. É preciso desenvolver uma estratégia de marketing avançada, que busque a fidelização do usuário. Nesse contexto, o uso de chatbots é alternativa que apresenta alto potencial de convencimento e persuasão de consumidores.

O chatbot é uma maneira inteligente de trocar informações entre administradores e usuários de sites ou páginas de redes sociais. Trata-se de uma ferramenta digital que permite uma experiência mais próxima, oferecendo ao usuário a sensação de assistência dinâmica e personalizada. Porém, não é agressivo como a insistência de alguns vendedores de lojas físicas. O objetivo é não assustar o consumidor mas, sim, garantir todo o aporte necessário para que ele sinta segurança na compra.

Existem diversos tipos de chatbot. Com uma boa assessoria e um site de alto desempenho, é possível maximizar o faturamento de sua empresa, além de fidelizar a maior quantidade de clientes possível. Portanto, o momento é de atualização tecnológica. Não deixe sua empresa ficar fora desse circuito.

Suzana Chiodo

Co-founder da Agência Poussée, empreendedora, formada em Publicidade e Propaganda, especialista em branding e construção de marcas. Criei a Poussée para ajudar marcas a alinharem seu negócio e comunicação a partir do propósito. Meu objetivo é provocar a transformação de negócios e impactar em seu crescimento de forma humana, responsável e totalmente focada em performance.

Deixe uma resposta

Fechar Menu