Marketing para E-commerce: 5 estratégias para aumentar as vendas

Marketing para E-commerce: 5 estratégias para aumentar as vendas

Transforme a sua loja em uma máquina de vendas, essa é a promessa de muitos cursos online e todos eles falam sobre um assunto: marketing para e-commerce.

 

Neste artigo nós queremos conversar sobre o marketing para e-commerce e se realmente é possível transformar a sua loja em uma máquina de vendas. Se os resultados aparecem mesmo e, muito importante, qual é o prazo para que eles surjam.

 

Então, vamos lá. Um artigo totalmente focado em marketing para e-commerce, sem falsas promessas e com 5 estratégias para aumentar as vendas da sua loja virtual.

 

Vamos começar.

Você precisa investir nas redes sociais

 

Não tem para onde correr. Não dá para fugir desse tema. 


Se estamos falando de marketing para e-commerce, então também estamos falando de estratégias para redes sociais. 

 

Se você estiver começando agora, é importante que invista em construir uma relevância nas mídias sociais e assim alcançar mais possíveis consumidores para o seu produto.

 

As principais redes sociais para vendas, hoje, são:

 

  • Facebook
  • Instagram
  • TikTok

 

É possível criar boas ações para e-commerce em todas essas redes sociais.

Agora invista em e-mail marketing

Quem diz que o e-mail morreu com certeza não conhece a potencialidade dessa ferramenta para as empresas.

 

O Gmail tem cerca de 1 bilhão de usuários ativos em todo o mundo, segundo dados da Hubspot. E esse número cresce a cada ano.

 

Então, o e-mail marketing é uma das melhores estratégias de marketing para e-commerce.

 

Com e-mail marketing você envia conteúdos, como:

 

  • Newsletter;
  • Conteúdo pós-venda;
  • Confirmação de compra na loja virtual;
  • Promoções;
  • Conteúdos ricos;
  • Oportunidades de upsale
  • Oportunidades de cross sale;
  • Etc.

 

Se você quer usar uma estratégia de e-mail marketing, então tem que começar com uma base de contatos.

 

A ideia é que quem receba o seu e-mail tenha permitido o envio.

 

Isso significa que não se deve usar listas prontas de endereços, ou comprar listas de endereços de e-mails online. Pois isso gera uma violação à privacidade do usuário

 

Para conquistar esta lista você usará estratégias, como:

 

  • Conteúdo rico disponibilizado em Landing Pages
  • Promoções
  • Etc.

Invista no seu Branding

E continuando sobre o marketing para e-commerce, chegou o momento de falarmos do branding. 

 

Uma marca forte gera identificação com pessoas para quem queremos vender e é percebida como referência por elas.

 

Sendo assim, uma boa pergunta para começar a entender o branding é esta. Veja:

 

  • Se duas empresas fizerem o mesmo produto, venderem pelo mesmo preço, tiverem o mesmo prazo de entrega, tiverem a mesma qualidade na pré-venda, a mesma qualidade no pós venda, por que o cliente irá escolher uma marca e não a outra?

 

Entender a resposta para essa questão é o começo de uma estratégia de branding.

 

Para se ter uma ideia do poder do Branding, veja essa pesquisa feita pela Hubspot: 

 

  • 86% recomendam uma marca para amigos e familiares;
  • 66% provavelmente fariam uma crítica online positiva após boa experiência de compra;
  • 46% permanecem leais mesmo após uma má experiência com a marca.

 

Além desses fatores, acrescento que uma marca forte amplia o volume de tráfego direto – quando o usuário faz a pesquisa pelo seu nome na Internet.

 

E os dados também são positivos, veja:

 

  • Esse tráfego representa 30% do total de uma marca;
  • Ele  também pode representar 80% das vendas e conversões;
  • Também pode garantir um ROI (retorno sobre investimento) até 50x maior.

 

Então, o raciocínio é simples:

 

  • Marca forte = diferenciação = tráfego direto = maiores lucros. 

Já que estamos falando de pesquisa, entenda o SEO

 

Para a quarta dica nós temos que falar de SEO.

 

Para quem está vendendo um produto na internet, nada mais interessante do que ser a primeira loja a aparecer quando as pessoas fazem a pesquisa no Google. É como se em um shopping, sua loja estivesse no melhor local com um maior número de pessoas passando.

 

Essa é uma estratégia que tem as melhores taxas de conversão, pois o seu site irá aparecer para um público que está buscando o seu produto na internet, assim, irá gerar muitos acessos de forma gratuita.

 

Leia em seguida: Dicas pouco conhecidas de Inbound Marketing

Por fim, o Marketing de Conteúdo, o combustível de todas as estratégias

 

E para finalizar, vamos falar do marketing de conteúdo, o combustível para quase todas as estratégias de marketing para e-commerce 

 

O Marketing de Conteúdo gira em torno da produção e divulgação de conteúdos diferentes que possuem propósitos e estratégias específicas de acordo com a etapa de compra que seu cliente esteja.

 

Por meio de uma boa estratégia de conteúdo você vai ver o ciclo de venda diminuir, bem como o custo de atração de clientes ser reduzido consideravelmente.

 

E o melhor: clientes conquistados dessa forma são mais propensos a consumir mais vezes.

 

Precisa de ajuda para aplicar as estratégias de marketing para e-commerce? Entre em contato conosco. Teremos o maior prazer em te auxiliar.


Agradecemos a leitura e até a próxima!

Suzana Chiodo

Co-founder da Agência Poussée, empreendedora, formada em Publicidade e Propaganda, especialista em branding e construção de marcas. Criei a Poussée para ajudar marcas a alinharem seu negócio e comunicação a partir do propósito. Meu objetivo é provocar a transformação de negócios e impactar em seu crescimento de forma humana, responsável e totalmente focada em performance.

Deixe um comentário

Fechar Menu