Como fazer branding para o seu negócio em 2019
Como-fazer-branding

Como fazer branding para o seu negócio em 2019

Iniciamos o segundo semestre de 2019, e a dúvida que paira em sua mente é: como fazer branding para o meu negócio ainda este ano?

Eu, como empreendedora, entendo a sua dor. Afinal, um projeto de branding demanda tempo e uma parceria especializada. Mas todo esse esforço vale a pena, pois um trabalho desse porte, quando desenvolvido estrategicamente, pode elevar a confiança dos seus clientes, além de agregar valor à sua marca e produtos, tornando-a a número 1 na mente dos consumidores.

Todos esses benefícios são tão impactantes que o desejo de colocar o projeto de branding em prática só aumenta. E é exatamente por isso que eu estou aqui: para te ajudar a tirar esse projeto da gaveta.

Vem comigo!

Por que investir em um projeto de branding?

Antes que eu te bombardeie com uma definição teórica sobre a pergunta acima, quero que responda aos questionamentos abaixo:

  1. Quando você pensa em refrigerante, qual produto vem à sua cabeça?
  2. Quando você pensa em detergente, qual produto vem à sua cabeça?
  3. Quando você pensa em banco, qual marca vem à sua mente?

Se suas respostas foram Coca-Cola, Ypê e Itaú, você compreenderá mais rapidamente o que é branding e por que ele é fundamental para tornar a sua marca relevante no mercado.

Branding são todos os esforços de comunicação e marketing, desde a criação do logo da sua empresa até as ações cotidianas de marketing e vendas para tornar o seu produto/serviço a melhor escolha entre a concorrência.

Em tempos em que a disputa pela atenção, confiança, lembrança e amor do consumidor só cresce, não investir em branding pode colocar sua marca no esquecimento e, claro, isso certamente impactará seus resultados.

Quando você conta com um projeto de branding, você agrega valor ao seu produto/serviço e pode cobrar mais por ele.

Um exemplo claro disso são os produtos da Apple. Sabemos que, no mercado, existem diversos produtos que competem lado a lado com a marca americana. Porém, por toda a sua história e força, as pessoas acabam optando pelos produtos da marca da maçã. Esse laço entre a Apple e seu público vai além de preço ou qualquer outro benefício. Existe afinidade, amor e confiança entre marca e consumidor, e isso se resume a um efetivo trabalho de BRANDING.

Segundo a Harvard Business Review, 64% dos consumidores elegem os valores compartilhados como a principal razão para se relacionar com uma marca.

Acredito que você já deve estar convencido de que branding não é algo passageiro ou que pode ser deixado para depois. Por isso, abaixo listo algumas estratégias de branding que você pode começar a aplicar na sua empresa agora:

1. Crie uma identidade

Para construir uma marca, você precisar definir elementos importantes e que reflitam verdadeiramente a imagem que você deseja que seja percebida pelo seu público-alvo, como:

  • logo;
  • cores;
  • tipografia;
  • pictogramas;
  • estilo fotográfico;
  • tom de voz;
  • v

No Manual de Identidade Visual da marca, você terá todas essas informações reunidas, que servirão como norte para você criar uma unidade visual e preservar a identidade da sua marca.

2. Redes sociais

Em tempos em que o consumidor está totalmente conectado e é o principal marketing da sua marca, criar um relacionamento próximo, humano e relevante com o seu público por meio das redes sociais é essencial para criar uma marca forte. Para isso:

  • compreenda a fundo sua persona;
  • descubra em quais redes sociais o seu público é mais ativo;
  • crie conteúdo que o seu público julga relevante, e não você;
  • tenha um calendário editorial para manter a frequência das postagens;
  • seja ativo, respondendo às dúvidas e interações dos seus seguidores;
  • mapeie o que a concorrência está fazendo para ampliar o seu planejamento e ter insights;
  • seja criativo e autêntico: imprima a identidade da sua marca nas redes sociais.

3. Inbound Marketing

Branding está totalmente ligado ao Inbound Marketing, que é o marketing que as pessoas amam. Por isso, é importante investir nessa estratégia, que tem como foco produzir conteúdo de valor na internet, seja por meio de e-books, whitepapers, webinars, vídeos ou infográficos com a finalidade de preparar o seu cliente potencial até que ele, de fato, esteja pronto para comprar o seu projeto. Note que a escolha final está nas mãos do consumidor, e não nas suas. Mas se você tem uma marca que as pessoas adoram, isso não será um problema.

Para isso, conte com uma agência parceira especialista em Inbound Marketing para construir uma estratégia matadora que te ajude a gerar novas oportunidades de negócio e elevar ao nível máximo o grau de confiança e credibilidade da sua marca.

4. Website de alta performance

Hoje, o consumidor, por mais que muitas vezes ainda opte por comprar produtos/serviços em espaços físicos, esclarece suas dúvidas na internet, usando ferramentas de busca como o Google. Sabendo isso, é inadmissível que sua empresa, em 2019, não tenha um website vendedor e que transmita ao usuário a essência de sua marca.

Para os meus clientes, algo que eu costumo frisar muito é: website de alta performance conversa diretamente com o público, sem ruídos. Jargões ou termos técnicos ficam de fora. Para ser efetivo, o site deve falar a língua do seu público.

Por isso:

  • Seja claro e transparente: não imprima uma imagem errada da sua marca. Seja autêntico.
  • Use uma linguagem simples: seu site é seu maior vendedor online. Por isso, ele precisa ser humano e conversar abertamente com seu público.
  • Selecione imagens reais: abra as portas da sua empresa e mostre seus processos, pessoas e toda a sua estrutura para criar uma conexão mais forte com o seu público.
  • Acessibilidade na web: não restrinja o alcance do seu site. Seja inclusivo e desenvolva páginas que qualquer pessoa seja capaz de decodificar.

Conclusão

Com menos de mil palavras, eu compartilhei dicas incríveis para você começar agora o seu projeto de branding. Mas se mesmo assim você não se sentir seguro, eu te convido a falar comigo. Tenho certeza que a agência Poussée pode ajudar a elevar o potencial de crescimento da sua marca.

Forte abraço!

Suzana Chiodo

Co-founder da Agência Poussée, empreendedora, formada em Publicidade e Propaganda, especialista em branding e construção de marcas. Criei a Poussée para ajudar marcas a alinharem seu negócio e comunicação a partir do propósito. Meu objetivo é provocar a transformação de negócios e impactar em seu crescimento de forma humana, responsável e totalmente focada em performance.

Deixe uma resposta

Fechar Menu