Marketing Digital será que é melhor terceirizar

Marketing Digital: será que é melhor terceirizar?

Internet. É impossível imaginar o universo corporativo dos dias de hoje sem o uso massivo da internet para dinamizar e recriar processos. O trabalho de marketing no ambiente online é chamado de marketing digital, e o termo vem ganhando bastante notoriedade nos dias atuais. Com o boom das mídias sociais e a expansão das empresas na internet, o assunto passa a ser pertinente e merece ser discutido. A terceirização desse serviço, nem se fala. É sobre isso que vim falar hoje.

Segundo a Statista, em 2021 seremos 2.3 bilhões de consumidores digitais, ou seja, daqui a pouco tempo. Esse cenário coloca ações aplicadas no ambiente eletrônico no topo das prioridades das empresas, em uma ânsia por atenderem a demanda e se adequarem a uma realidade que tem cada vez mais transformado processos presenciais e demorados em virtuais e imediatos.

Esse estouro aumentou a necessidade de conteúdos e interação online, e surgem aqui os canais digitais, que são (ou deveriam ser) abastecidos pelas empresas na busca por satisfazerem as expectativas de um público cada vez mais inserido no mundo online.

Mas por onde começar?

Blogs, sites, redes sociais, e-mails… são opções intermináveis de contato com quem está do outro lado e pode promover a sua empresa. E esse outro lado é essencial. Para o americano Philip Kotler, considerado o pai do marketing, o mesmo pode ser explicado como “o processo social por meio do qual pessoas e grupos de pessoas satisfazem desejos e necessidades com a criação, oferta e livre negociação de produtos e serviços de valor com outros”.

Todo esse cenário, muitas vezes, leva as empresas a lidarem com o desafio de um marketing digital eficiente e que atenda às expectativas. Assim, terceirizar o serviço passa a ser uma opção viável para muitas empresas. Será que é para a sua também? Cada caso é um caso, mas algumas características da terceirização do departamento de marketing digital merecem ser compartilhadas para que você tome a melhor decisão.

Conheça cada uma delas

  • Apoio profissional. Vamos lá, é sempre bom contar com um olhar profissional quando lidamos com nossos clientes no dia-a-dia. Por mais preparada que seja a sua equipe, terceirizar é a maneira de trazer mais profissionalismo ao marketing digital, se esse for o desejo da sua empresa. Um profissional específico da área pode, ainda, ampliar a gama de serviços e programas que a sua empresa usa para por em prática as estratégias de marketing. É ter, à disposição, uma equipe de especialistas.
  • Novas perspectivas. Contar com uma equipe terceirizada para cuidar do seu marketing digital dá à sua empresa novas perspectivas a respeito de seus clientes. Essa pode ser aquela mãozinha para resolver problemas relacionados a como atrair clientes, ou mesmo fidelizá-los.
  • Olhar externo. Uma equipe externa para trabalhar com o segmento de marketing tem como um dos maiores benefícios a possibilidade de explorar novas abordagens. É a sua chance de pensar fora da caixa e trazer à tona ideias inovadoras. Se esse é o seu objetivo, aposte!
  • Economia de tempo. Terceirizar um serviço é um passo interessante quando se trata da divisão de tarefas. Se a sua agência ou empresa está sobrecarregada de tarefas e o marketing digital não vem recebendo a devida atenção por falta de tempo, essa pode ser uma ótima saída, sem gastos exagerados. “Se os colaboradores estiverem livres para atuarem em suas tarefas originais, sem desvios de função, se sentirão realizados profissionalmente e, consequentemente, serão muito mais produtivos.” (InsideOut)
  • Custo-benefício. Investir na terceirização em vez de pagar um departamento para realizar o trabalho de marketing digital é uma tendência viável financeiramente. Segundo a Orgânica Digital, contar com os serviços de uma agência te abre portas para gastar menos com um serviço de maior qualidade, o que evidencia o custo-benefício dessa decisão.

Próximos passos

A partir do levantamento desses pontos, pode parecer que terceirizar o marketing digital é um mar de rosas, mas é uma decisão que precisa ser tomada com cautela. O mais importante, segundo o Marketing de Conteúdo, é pensar se o serviço que você contratou atende suas demandas como se fosse parte do seu time de fato. Esse é um ótimo termômetro, porque o investimento precisa ser bem feito para dar retorno, ou nada feito.

A tendência é que cada vez mais as empresas optem por terceirizar o serviço, somados os aspectos de tempo, resultados e dinâmica. Porém, cada aspecto deve ser levado em conta, porque cada empresa é uma empresa e saber qual a sua real necessidade é o melhor indicador antes de dar um passo grande que envolve mudança de pessoal e investimento.

No fim, qual o segredo? Oferecer estratégia de qualidade.

Co-founder da Agência Poussée, empreendedora, formada em Publicidade e Propaganda, especialista em branding e construção de marcas. Criei a Poussée para ajudar marcas a alinharem seu negócio e comunicação a partir do propósito. Meu objetivo é provocar a transformação de negócios e impactar em seu crescimento de forma humana, responsável e totalmente focada em performance.
Post criado 20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo