6 erros que estão sujando a imagem da sua marca
Erros de imagem da marca

6 erros que estão sujando a imagem da sua marca

Quem não se lembra do erro mortal da Coca-Cola quando decidiu, para bater a Pepsi em um teste cego, mudar sua fórmula de mais de 99 anos para criar a “New Coke”?

A decisão equivocada trouxe uma reação contrária, pois o público não escolhia a Coca-Cola apenas pelo sabor, mas por tudo o que ela representava, desde as sensações que o produto causa a cada gole até os sentimentos que são associados à marca, como tradição, alegria, felicidade e conquista.

Erros acontecem, e não é só nas microempresas: grandes marcas também podem sofrer abalos por uma decisão equivocada.

Por isso, quero que leia este artigo com atenção, pois os 6 erros que listei abaixo serão essenciais para te ajudar a ficar antenado e evitar sujar a imagem de sua marca. Vem comigo!

Erro 1 – Falta de consistência

Um dos erros mais graves que você pode cometer contra a sua marca é a falta de consistência. Isso quer dizer que ela deve transmitir sua essência e zelar por sua imagem em todos os pontos de contato com o público atual ou potencial.

Você não pode, por exemplo, falar nas redes sociais que é uma empresa sustentável e não viver isso de fato. É preciso ser verdadeiro.

Você não pode ter uma marca com a paleta de cores azul e laranja e começar a fazer ações em que prevaleçam as cores rosa e roxo. Isso prejudica a consistência e recall da marca.

Não dá para você ser de um jeito e se apresentar de outro, não importa onde for.

Erro 2 – Focar em tendência, e não na essência

É inevitável: em meados de novembro e dezembro, começam a saltar por todos os lados vídeos, artigos e todo tipo de material que promete apresentar “as principais tendências para o ano seguinte”. E este é um dos erros que as empresas cometem: focar tanto em tendência, na busca por sempre trazer algo novo, e esquecer, muitas vezes, da essência da marca e de avaliar se tal atualização condiz com o seu DNA.

Erro 3 – Mudar bruscamente a marca

Outro erro muito comum que identifiquei ao longo de minha experiência em agências ocorre quando clientes que procuram a modernização da marca simplesmente pedem para mudar tudo. O que deveria ser apenas uma simples atualização de traços para um tom mais atual torna-se uma nova marca. Isso é extremamente perigoso, principalmente para marcas que já possuem anos de mercado. Foi o caso da GAP, em uma tentativa frustrada de modernização da marca. Veja:

logo-gap

Você associa a marca a tecnologia, saúde, menos à famosa marca de roupas.

Seu público está acostumado com sua marca, com as cores e traços. Por isso, optar por uma mudança tão brusca pode simplesmente fazer com que ele não associe mais a sua marca ao novo design, o que ocasiona, muitas vezes, até uma queda nas vendas. Cuidado!

Erro 4 – Conectar a marca a coisas erradas

Em tempos em que influenciadores digitais estão em alta, a atenção a esse erro deve ser redobrada. É muito fácil hoje forjar números, criar uma imagem ideal e vender para as marcas. Quem não se lembra do caso do youtuber Júlio Cocielo, que, após um post racista, perdeu vários patrocinadores, como Itaú, Adidas e Submarino?

O cuidado na hora de selecionar a que e a quem sua marca será vinculada é primordial para não prejudicar a imagem do seu negócio. Um erro desses pode render prejuízos inestimáveis e irreversíveis para a sua marca.

Erro 5 – Esquecer de pensar na marca globalmente

Cuidados na escolha do nome e cores de sua marca, por exemplo, são essenciais para evitar que a imagem da marca no exterior seja prejudicada. Isso porque cada país tem a sua cultura, ou seja, o que é normal aqui no Brasil pode ser um absurdo no Japão ou na Índia. Redobre sua atenção nesse ponto!

Erro 6 – Copiar descaradamente

Para fechar a nossa sequência de erros, eu não poderia deixar de fora o fato de que muitas empresas acabam copiando descaradamente as ações e campanhas de outras marcas ou até mesmo a forma de se posicionar, mas esquecem que nem sempre o que funciona para uma também servirá para a outra. Cuidado! A autenticidade é o melhor caminho.

Minhas considerações finais

Evitando esses 6 erros, eu tenho certeza de que você manterá a sua marca no caminho certo: com a imagem limpa.

Até a próxima!

Suzana Chiodo

Co-founder da Agência Poussée, empreendedora, formada em Publicidade e Propaganda, especialista em branding e construção de marcas. Criei a Poussée para ajudar marcas a alinharem seu negócio e comunicação a partir do propósito. Meu objetivo é provocar a transformação de negócios e impactar em seu crescimento de forma humana, responsável e totalmente focada em performance.

Deixe uma resposta

Fechar Menu