Sobre sua marca

O que você diz X o que eles dizem sobre a sua marca

A frase de Scott Cook, da eBay e da Procter & Gamble, que diz: “Uma marca não é mais o que nós dizemos que é — é o que os consumidores dizem uns aos outros sobre o que ela é” reflete muito o momento atual do comportamento do consumidor, que está mais antenado e supersensível a preço.

Com isso, as marcas se veem cada vez mais forçadas a rever suas estratégias de marketing para conquistar a atenção do público e, principalmente, vender.

Com acesso rápido à informação, os consumidores estão cada vez mais imediatistas, comparando preços, prazos de entrega e benefícios antes de realmente efetuar uma compra. O poder literalmente está nas mãos do consumidor.

Hoje, não basta apenas investir em uma campanha de massa para captar a atenção do público e fazer com que ele escolha a sua marca em vez da marca concorrente.

Ter uma marca real, consistente, com preços competitivos e que realmente ofereçam benefícios são pontos em que você deve ficar de olho se não quiser ser engolido por esse novo cenário do consumo.

Veja, a seguir, algumas dicas valiosas às quais você deve ficar atento se quiser se destacar e conquistar o coração do novo consumidor.

1. Marque presença online e offline

Não é porque você vende apenas online que você não pode investir em campanhas offline para ganhar visibilidade e surpreender seu público. O inverso também é verdade, já que o público está totalmente conectado e busca informações na internet, seja por meio do Google ou até mesmo das redes sociais para saber mais sobre a marca e produto antes de efetivamente fechar a compra.

Apostar em uma estratégia omnichannel para integrar todos os canais de comunicação e vendas também é um caminho que deve ser adotado. Dessa forma, sua marca estará sempre presente.

2. Proporcione experiências únicas e memoráveis

Muito se fala sobre experiência, mas o que de fato a sua marca faz para surpreender seu público e fazer com que ele deseje qualquer coisa, menos trocá-la por outra marca?

Experiências únicas envolvem emoções e todos os nossos sentidos. Por isso, pense a fundo como você pode de fato impactar positivamente o seu público. Pode ser um evento, um brinde, uma ação nas redes sociais… Pense fora da caixa e inove.

3. Aposte na estratégia de buzz

Se as pessoas consomem mais através da opinião e depoimento de outras pessoas, por que não investir no marketing boca a boca? Pense em ações que gerem comentários, engajamento, compartilhamento e que, de fato, façam as pessoas fazerem barulho e mencionarem a sua marca.

  1. Conte com uma agência parceira

Conte com uma agência de marketing especializada em branding e marketing de alta performance para criar uma estratégia alinhada com seus objetivos de marketing e que, acima de tudo, tenha foco em pessoas, pois o momento atual não é mais B2B ou B2C, e sim H2H, ou seja, de pessoa para pessoa.

5. Seja autêntico

Não é porque o seu concorrente faz e fala de um jeito que você deve copiar e tentar ser o que não é. Fique atento, pois o consumidor atual busca relações reais, verdadeiras e transparentes. Perder a sua essência e personalidade para “tentar” agradar seu público pode afastá-lo em vez de aproximá-lo. Fuja dessa prática!

Aplicando essas dicas, tenho certeza de que você conseguirá construir um relacionamento duradouro, forte e consistente com o seu público e, claro, isso certamente impactará em seus resultados e lembrança de marca.

Até a próxima!

Co-founder da Agência Poussée, empreendedora, formada em Publicidade e Propaganda, especialista em branding e construção de marcas. Criei a Poussée para ajudar marcas a alinharem seu negócio e comunicação a partir do propósito. Meu objetivo é provocar a transformação de negócios e impactar em seu crescimento de forma humana, responsável e totalmente focada em performance.
Post criado 20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo